sexta-feira, 10 de maio de 2013

O mundo da voltas...

Roda mundo, roda gigante, roda moinho, roda pião...

Quando eu era criança morava numa casa, numa cidade pequena.
Minha casa era um entra e sai de gente, de amigos, de familiares.
Meus amigos, amigos das minhas irmãs, amigos da minha mãe.
A gente brincava muito. Brincadeiras de rua. Pique-esconde. Pique-pega. Pique-alto.
Queimada. Garrafão. E por aí vai...
Lembro que no entra e sai da minha casa eu gostava muito de brincar com um primo meu.
O Carlão.
Erámos muito ligados. Estávamos sempre juntos. E era o primo que eu mais gostava.
Mas aí o tempo foi passando... a vida foi levando cada um para um lado.
E qdo estávamos na adolescência, meu primo resolveu dar um rumo nada legal e isso nos afastou ainda mais.
Mas o mundo gira e um belo dia fui morar em São Paulo, na casa de uma tia, onde ele também morava.
Me partiu o coração um dia que ele chegou tão mal em casa que eu pensei que seu fim estava próximo. Depois disso, nos afastamos novamente.
Só que o mundo da voltas...
E eis que meu primo se tornou um homem lindo. Venceu aquilo que eu considero o grande mal dos dias de hoje, as drogas. E mais, venceu aquela que é considerada a pior das drogas, venceu o crack.
Ele e seu irmão. Ambos, deram a volta por cima.
E ao reencontrá-lo, mesmo que tenha sido apenas pela internet, meu coração se encheu de alegria e uma esperança de que o mundo será sim, melhor.
Hoje ele é um "consultor". Trabalha ajudando a tirar as pessoas do vício, já deu entrevista até pro Fantástico. Tem uma família linda...
E eu fico pensando como é importante não desistir do outro...

Carlão e eu inseparáveis.


2 comentários:

Pattys disse...

Que bom que eles deram a volta por cima, sabemos o qt dificil é sair.
bjus

Ju Dalzoto disse...

Puxa, Fê, que história heiN?!
Eu me arrepiei aqui porque é muitíssimo complicado sair das drogas, dar a volta por sina. Que bom que seus primos conseguiram. E melhor ainda que ele está conseguindo ajudar outras pessoas!

Adorei a foto!
Como é bom recordar os bons tempos dainfância né?!

Beijos, querida!
Uma ótima semana pra vc!

Ju